podes pensar, podes falar, mas tudo o que escrevas tem o poder de ficar.
27 de Dezembro de 2008

 

 

 

O Mar.

As ondas.

O vento.

A Terra.

O Céu.

O Sol.

Os olhos que vêem.

O grito que se escapa.

A corrida que se perde.

A vontade que acaba.

O sorriso que se fecha.

A lágrima que se derrama.

O corpo que cai.

A mão que se afoga.

A morte que veste.

A vida que se despe.

O sonho que adormece.

O pesadelo que acorda.

A casa que esmorece.

A cor que se apaga.

O sentimento que exclama.

Os sentidos que se espantam.

A ave que foge.

O peixe que chega.

 

Serei capaz?

A capacidade é um estado de aptidão que desconheço perante o negrume do dia. O dia que se tornou na noite eterna, levando de mim os olhos que amei. Foram segundos que procurei o abrigo, da elevada voz bradei ao Deus que o protegesse, filho que fugia pela corrente, caminho preenchido pelos espinhos da dor maldita. Porquê o mar, amigo dos nossos dias me levou o tesouro da minha vida? Porquê o Mar não sentiu a piedade de arrastar o que não vive, e devastou tudo aquilo que respira, tudo o que pode ser amado?

Olho a areia que escalda nos meus pés. É território maldito, sitio proibido. O medo é acolhido pela serenidade infernal das ondas que vagueiam pela imensidão das águas. Mas lanço flores. São pétalas da dor que desperta no meu ser, e que desloco nos dias, essas noites que nunca mais terminam. E tu Mar, um dia me trouxeste, outro me levaste, serei capaz de te perdoar?

 

publicado por opoderdapalavra às 00:24

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Dezembro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
23
24
25
26
28
30
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
Posts mais comentados
5 comentários
4 comentários
4 comentários
3 comentários
2 comentários
2 comentários
2 comentários
2 comentários
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Encontrei o texto hoje...Uma pequena correcção, as...
Obrigado Isabel. Concordo consigo, os Amigos apena...
Carlos, bonita homenagem a um amigo. Que o Luís re...
O que mais me chama a atenção, neste...
A tua escrita acompanha o teu espírito. Amadurece ...
Grata, sorrisos :o)
Quente.Arrebatador.
Leitura muito agradável :)Convido a leitura do meu...
Excelente!!Sinto-me representado.Sim, sou eu: o po...
O discurso é apelativo aos mais nobres sentimentos...
blogs SAPO