podes pensar, podes falar, mas tudo o que escrevas tem o poder de ficar.
05 de Dezembro de 2011

 

 

 

Volto às palavras.

Regresso às frases que sempre adorei desenhar.

Retorno às construções que preenchia aquelas folhas em branco, as pessoas que ganhavam vida no perfume dos meus sonhos, as casas que se elevavam como castelos, as cidades que nasciam como pequenos bébés que conhecem a luz do dia, e aos momentos em que me dividia entre a pequena lágrima e a gargalhada rasgada.

Volto às horas a fio olhando a história fechada, como uma porta onde me esqueci da chave e preciso de entrar, de penetrar de novo, para que possa continuar, mas tudo está absolutamente fechado, nem mesmo as janelas estão abertas.

Regresso ao tempo que passa com a velocidade de um comboio, o qual não tem travão automático, nem mesmo um freio que possa abrandar e assim conseguir pensar melhor.

Retorno à origem de mim, o intimo que deseja explodir, em simples palavras, dando-lhes o terreno para cimentarem as suas sementes, e onde rego com a tinta de canetas que se esvaziam como o copo que tenho à minha frente, sede que se abate sobre o meu nervosismo de descobrir o melhor percurso da história. Quem dera haver GPS para escrever, fácil seria saber que bastava colocar o fim e logo o principio surgia. Quem dera que pudesse saber fabricar a forma perfeita, para que todos entendessem o conto, se deliciassem com todas as frases e conteúdo, e depois calmamente pudessem sonhar... isso, estou de volta ao sonho de tentar fazer sonhar, nem que por momentos, segundos, ou mesmo fração de segundo que seja, a mais simples alma de uma pessoa... apenas fazendo o que gosto... escrevendo. 

publicado por opoderdapalavra às 22:05
Dezembro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
21
22
23
24
25
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Posts mais comentados
5 comentários
4 comentários
4 comentários
3 comentários
2 comentários
2 comentários
2 comentários
2 comentários
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Encontrei o texto hoje...Uma pequena correcção, as...
Obrigado Isabel. Concordo consigo, os Amigos apena...
Carlos, bonita homenagem a um amigo. Que o Luís re...
O que mais me chama a atenção, neste...
A tua escrita acompanha o teu espírito. Amadurece ...
Grata, sorrisos :o)
Quente.Arrebatador.
Leitura muito agradável :)Convido a leitura do meu...
Excelente!!Sinto-me representado.Sim, sou eu: o po...
O discurso é apelativo aos mais nobres sentimentos...
blogs SAPO