podes pensar, podes falar, mas tudo o que escrevas tem o poder de ficar.
21 de Outubro de 2010

 

Suave é o ritmo das tuas ondas

Alcanças a areia com a serena sensação do silencio

Vens e tocas as pedras que enlaçam a costa

Lanças os teus dedos nas formas do meu corpo

Abraça-lo com o intuito da paixão

Deixo-me ir em teu encontro

Lavando-me no encanto das tuas profundas virtudes

É o roçar dos sentidos

Momentos audazes em que nos beijamos

Sem os lábios

Sem a leveza do toque harmonioso

Apenas com o pensamento

Esse pensar que temos no intimo

Lugar onde apenas navegamos

Sem barco

Sem nau

Velas que voem no vento

Apenas com o balançar

De um simples

Único

Altivo

Pensar

Vadio caminho de te encontrar

Aqui

Ali

Onde quer que as tuas ondas

Essas que me vem olhar e amar.

 

publicado por opoderdapalavra às 22:37

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Outubro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
15
16
17
18
19
20
22
23
25
26
27
28
29
30
31
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
Posts mais comentados
5 comentários
4 comentários
4 comentários
3 comentários
2 comentários
2 comentários
2 comentários
2 comentários
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Encontrei o texto hoje...Uma pequena correcção, as...
Obrigado Isabel. Concordo consigo, os Amigos apena...
Carlos, bonita homenagem a um amigo. Que o Luís re...
O que mais me chama a atenção, neste...
A tua escrita acompanha o teu espírito. Amadurece ...
Grata, sorrisos :o)
Quente.Arrebatador.
Leitura muito agradável :)Convido a leitura do meu...
Excelente!!Sinto-me representado.Sim, sou eu: o po...
O discurso é apelativo aos mais nobres sentimentos...
blogs SAPO