podes pensar, podes falar, mas tudo o que escrevas tem o poder de ficar.
08 de Março de 2010

 

 

Hoje no dia Internacional da Mulher, vou partilhar convosco mais um pequeno pedaço do meu livro... exclusivo para todos os que me acompanham aqui... mas é dedicado a todas as mulheres do mundo, pela sua inteira liberdade, pois enquanto existir pelo menos uma que não o é, então nenhuma é inteiramente livre.

 

Caminhar pelos corredores do hotel é algo sempre aterrador para aquelas cinco mulheres, que tapadas por tecidos, escondem-se na sombra da sua existência. Não tem identidade, são propriedade de alguém, objectos humanos. Estas reuniões são o mero momento em que sentem no coração o sentido de terem um nome, de terem pensamentos, de terem uma pessoa que as olha nos olhos e as respeita.

- O que vamos ler hoje?

- Eu gostava de ler de novo um texto que você nos leu na ultima vez – respondeu Marlika, uma jovem vendida pela família a um dos muitos homens que pagam para serem maridos – é um texto que tem-me acompanhado durante estes dias... e eu gostava muito de o ler.

- Claro Marlika, mas qual foi o texto?

- Daquele homem com o nome de Vítor Hugo...

- Ah, esse, muito bonito. Podes ler então.

E com a voz engessada no embargo e no nervosismo, soltou as amarras do seu pensamento e colocando os olhos no papel, soltou as palavras:

- O Homem e a Mulher,

O homem é a mais elevada das criaturas

A mulher é o mais sublime dos ideais.


O homem é o cérebro

A mulher é o coração

O cérebro fabrica a luz

O coração, o AMOR.


A luz fecunda, o amor ressuscita

O homem é forte pela razão;


A mulher é invencível pelas lágrimas.


A razão convence, as lágrimas comovem.


O homem é capaz de todos os heroísmos;


A mulher, de todos os martírios.


O heroísmo enobrece, o martírio sublima

O homem é um código;


A mulher é um evangelho

O código corrige;

o evangelho aperfeiçoa

O homem é um templo;

a mulher é o sacrário

Ante o templo nos descobrimos

Ante o sacrário nos ajoelhamos

O homem pensa;

a mulher sonha

Pensar é ter , no crânio, uma larva

Sonhar é ter , na fronte, uma auréola

O homem é um oceano;

a mulher é um lago

O oceano tem a pérola que adorna

O lago, a poesia que deslumbra.


O homem é a águia que voa;


A mulher é o rouxinol que canta.


Voar é dominar o espaço;


Cantar é conquistar a alma.


Enfim, o homem está colocado onde termina a terra;


A mulher, onde começa o céu."

 

A minha inteira admiração e respeito por todas as mulheres deste mundo. Somos iguais, somos humanos.

 

publicado por opoderdapalavra às 00:10
Um "cheirinho" da tua próxima obra e uma citação maravilhosa.
Filoxera a 20 de Junho de 2010 às 16:53
Março 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
28
30
31
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Posts mais comentados
5 comentários
4 comentários
4 comentários
3 comentários
2 comentários
2 comentários
2 comentários
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
José Hermano Saraiva costumava dizer que a pátria ...
Ao ler esse texto senti orgulho no peito, o mesmo ...
Encontrei o texto hoje...Uma pequena correcção, as...
Obrigado Isabel. Concordo consigo, os Amigos apena...
Carlos, bonita homenagem a um amigo. Que o Luís re...
O que mais me chama a atenção, neste...
A tua escrita acompanha o teu espírito. Amadurece ...
Grata, sorrisos :o)
Quente.Arrebatador.
Leitura muito agradável :)Convido a leitura do meu...
blogs SAPO