podes pensar, podes falar, mas tudo o que escrevas tem o poder de ficar.
24 de Agosto de 2011

 

Um dia um caminhante tropeçou numa pequena pedra e caiu. Tinha percorrido mais de mil kilometros a pé, subiu montanhas, desceu vales e percorreu planícies e planaltos, arriscou-se nos precipícios mais audazes, e nunca tinha tombado... até agora, com uma pequena pedra. Olhou-a, no chão e disse:

- De facto podemos caminhar uma vida de coragem, repleta de aventuras em que não viramos a cara ao desconhecido, em que perdemos o medo de arriscar, mas quando menos esperamos, tombamos com a mais pequena coisa... de facto somos mais frágeis do que pensamos...

Ergueu-se e continuou a caminhar.

publicado por opoderdapalavra às 23:02
Agosto 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
23
25
26
27
28
29
30
31
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
Posts mais comentados
5 comentários
4 comentários
4 comentários
3 comentários
2 comentários
2 comentários
2 comentários
2 comentários
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Encontrei o texto hoje...Uma pequena correcção, as...
Obrigado Isabel. Concordo consigo, os Amigos apena...
Carlos, bonita homenagem a um amigo. Que o Luís re...
O que mais me chama a atenção, neste...
A tua escrita acompanha o teu espírito. Amadurece ...
Grata, sorrisos :o)
Quente.Arrebatador.
Leitura muito agradável :)Convido a leitura do meu...
Excelente!!Sinto-me representado.Sim, sou eu: o po...
O discurso é apelativo aos mais nobres sentimentos...
blogs SAPO