podes pensar, podes falar, mas tudo o que escrevas tem o poder de ficar.
19 de Janeiro de 2009

 

"Caminharei por uma estrada longa, acompanhado por árvores que me abraçam e me confortam à passagem, e que se movimentam pelo som de um vento orquestrado nas nuvens esbranquiçadas. Ao longe agora já vejo moinhos que deslizam no silêncio do céu encantado pelo azul-marinho. Sinto que já tenho as roupas brancas, sem cor, sem cheiros que as possam assolar, com uma pele suavizada pela frescura da juventude. Caminharei pela estrada em busca do seu infinito final…adeus.”

in O que está para chegar em Breve....

publicado por opoderdapalavra às 19:22
Janeiro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
16
17
18
20
21
22
23
24
25
27
28
30
31
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Posts mais comentados
5 comentários
4 comentários
4 comentários
3 comentários
2 comentários
2 comentários
2 comentários
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
José Hermano Saraiva costumava dizer que a pátria ...
Ao ler esse texto senti orgulho no peito, o mesmo ...
Encontrei o texto hoje...Uma pequena correcção, as...
Obrigado Isabel. Concordo consigo, os Amigos apena...
Carlos, bonita homenagem a um amigo. Que o Luís re...
O que mais me chama a atenção, neste...
A tua escrita acompanha o teu espírito. Amadurece ...
Grata, sorrisos :o)
Quente.Arrebatador.
Leitura muito agradável :)Convido a leitura do meu...
blogs SAPO