podes pensar, podes falar, mas tudo o que escrevas tem o poder de ficar.
29 de Março de 2015

Imagens-de-Borboletas.jpg

 

Hoje senti o impulso de escrever. Não sei bem de onde chegou, mas veio como um raio daqueles que atingem uma qualquer árvore, em tarde de tempestade. Mas não é de intempéries que se trata esta motivação. É de escrever um poema. E sempre que um poeta deixa deslizar a sua diálise de emoções pelas palavras, fica no ar a razão, a pessoa, o momento, algo que possa ter contribuído para tal. Neste caso vou apenas escrevinhar um poema, a razão às razões pertence, e talvez que quem ler sempre saberá por onde andou este raio de palavras que se abateram sobre a minha vontade,

 

Sei porque as borboletas voam

Cores cruzadas em asas

Veios de primavera que tropeçam nas flores

São apenas pequenas pétalas

Que cortam o rasto do teu perfume

O mesmo que deixas

Como um caminho definido

Por onde os meus pés andam

Sem que note o teu corpo

Que nunca chega pela manhã

Nem fica pela tarde

Apenas se desenha

Como um sonho

Que se deita comigo

E assim ficamos, juntos nas estrelas

Dormindo com as borboletas

Que já foram

Partiram sem o vestígio de quem não fica

E eu fecho os olhos

Com o teu nome no pensamento

E a tua cor, algures no coração.

Depois?

Fica a esperança

De outra borboleta

Das que voam em cores cruzadas

Te traga mais do que a memoria

De quem apenas fica

Por entre meia dúzia de palavras

Silenciosas.

 

publicado por opoderdapalavra às 22:54
Março 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
27
28
31
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Posts mais comentados
5 comentários
4 comentários
4 comentários
3 comentários
2 comentários
2 comentários
2 comentários
2 comentários
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Encontrei o texto hoje...Uma pequena correcção, as...
Obrigado Isabel. Concordo consigo, os Amigos apena...
Carlos, bonita homenagem a um amigo. Que o Luís re...
O que mais me chama a atenção, neste...
A tua escrita acompanha o teu espírito. Amadurece ...
Grata, sorrisos :o)
Quente.Arrebatador.
Leitura muito agradável :)Convido a leitura do meu...
Excelente!!Sinto-me representado.Sim, sou eu: o po...
O discurso é apelativo aos mais nobres sentimentos...
blogs SAPO