podes pensar, podes falar, mas tudo o que escrevas tem o poder de ficar.
10 de Outubro de 2013

    

 

 

 

Gostava de contar uma pequena história. Simples, sem grandes contornos de dramatismos ou romanceada. Uma história de um acordar. Só isso.

O corpo estranha-se na cama, entre lençóis de algodão, com o toque ensurdecedor do despertador. É sempre o mesmo carrasco que dá os primeiros cliques de acordar. Os olhos piscam numa ginástica matinal, à procura da melhor luz, aquela que melhor se adapte. A boca sabe a um infernal odor do jantar anterior. Foi assado, tinha enchidos, vinho misturado entre garfadas e garfadas de comida. Estômago cheio, dois cigarros, café e um digestivo. Nada mais, mas tudo se deitou com ele. E agora tudo apodrece nele, como os dias passados, ou as histórias que habitam na memória. O que deixamos para trás vai ficando assim, apodrecendo lentamente em algum lugar, seja no corpo ou na mente.

A casa de banho tem já o cheiro do pelo por lavar. Há ainda aquela primeira urina que escorre no barulho da loiça, deixando um apego de alivio. A barba são uns minutos, o banho mais uns quantos, perfumar e olhar de novo o espelho.

Quantos anos se passaram, e eu, ainda aqui estou?

Quantas noites dormi e nem reparei que continuo a aparecer neste espelho?

Quantas mulheres se deitaram no meu leito e continuo apenas eu a ficar pela manhã?

Afinal quanto tempo mais preciso de perceber que os cabelos brancos são uma mera circunstância da vida?

Deixa este diálogo com o outro do espelho num ritual matinal que apenas serve para se escutar na imensidão da casa. A solidão chega também com a manhã. Cama vazia, quartos vazios, mesa só para um.

 

Eu disse que era só uma história. Pequena, simples, e solitária.  

publicado por opoderdapalavra às 23:28
A tua escrita acompanha o teu espírito. Amadurece e aumenta a qualidade. Gostei!
Gaston Coronello a 7 de Novembro de 2013 às 10:40
Outubro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
Posts mais comentados
5 comentários
4 comentários
4 comentários
3 comentários
2 comentários
2 comentários
2 comentários
2 comentários
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Encontrei o texto hoje...Uma pequena correcção, as...
Obrigado Isabel. Concordo consigo, os Amigos apena...
Carlos, bonita homenagem a um amigo. Que o Luís re...
O que mais me chama a atenção, neste...
A tua escrita acompanha o teu espírito. Amadurece ...
Grata, sorrisos :o)
Quente.Arrebatador.
Leitura muito agradável :)Convido a leitura do meu...
Excelente!!Sinto-me representado.Sim, sou eu: o po...
O discurso é apelativo aos mais nobres sentimentos...
blogs SAPO