podes pensar, podes falar, mas tudo o que escrevas tem o poder de ficar.
29 de Fevereiro de 2012


(E.U.A.)

O mar deixara na praia um estranho pedaço de madeira às cores, enfeitado de plumas. Yanauluha pegou nele.

Para que é que isto serve?

As ondas disseram-lhe baixinho que era uma vara mágica que criava estações do ano…

Yanauluha apenas conhecia o Verão, que era demasiado quente.

Será que com aquele pau iria descobrir outra estação mais amena?

Yanauluha voltou para a aldeia e, perante toda a tribo, deu duas pancadinhas no chão com a vara e imediatamente surgiram dois pequenos ovos brancos e muitos outros ovos grandes e azuis, que deviam trazer a Primavera.

Alguns Índios precipitaram-se para os ovos azuis, julgando que a estação que traziam seria por certo mais bela, já que os ovos eram maiores.

Yanauluha e os amigos tiveram de se contentar com os ovos brancos.

Os dias passaram.

Quando os ovos brancos começaram a estalar, saíram de lá passarinhos de cores suaves que sobrevoaram a aldeia e em seguida desapareceram no ar, em direcção ao sul.

Yanauluha e os seus amigos seguiram-nos.

Os Índios que tinham escolhido os ovos azuis soltaram gritos de alegria: as suas aves tinham cores magníficas!

Estas aves coloridas rumaram para norte e os Índios seguiram-nas.

Mas depressa as aves perderam as suas lindas plumas coloridas. No seu lugar surgiram plumas pretas, bem feias… e o seu chilreio transformou-se em horríveis grasnidos!

As aves que assim grasnavam eram corvos.

Os Índios que as tinham seguido passaram a ser habitantes do Inverno, enquanto que Yanauluha e seus amigos, que tiveram a sensatez de não pegar nos ovos maiores e de seguir as aves menos bonitas, ficaram com a Primavera.

Franck Jouve
Le Printemps
Paris, Hachette Jeunesse, 1992
Tradução e adaptação

publicado por opoderdapalavra às 22:03
Fevereiro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
15
16
17
18
19
20
21
22
24
25
26
27
28
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Posts mais comentados
5 comentários
4 comentários
4 comentários
3 comentários
2 comentários
2 comentários
2 comentários
2 comentários
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Encontrei o texto hoje...Uma pequena correcção, as...
Obrigado Isabel. Concordo consigo, os Amigos apena...
Carlos, bonita homenagem a um amigo. Que o Luís re...
O que mais me chama a atenção, neste...
A tua escrita acompanha o teu espírito. Amadurece ...
Grata, sorrisos :o)
Quente.Arrebatador.
Leitura muito agradável :)Convido a leitura do meu...
Excelente!!Sinto-me representado.Sim, sou eu: o po...
O discurso é apelativo aos mais nobres sentimentos...
blogs SAPO