podes pensar, podes falar, mas tudo o que escrevas tem o poder de ficar.
23 de Fevereiro de 2012

 

Um leopardo, que era implacavelmente perseguido por um bando de caçadores, apareceu, um dia, na cabana de um camponês. Extremamente aflito, pediu-lhe:

— Salva-me! Peço-te, suplico-te! Juro que nunca mais tocarei nos teus bois!

O camponês, aterrorizado com a presença do animal, prometeu aos deuses que não diria palavra. Depois, levantou a tampa de uma arca e o leopardo enfiou-se dentro dela. Quando os caçadores chegaram, começaram a fazer perguntas ao camponês. Este não queria voltar atrás com a palavra dada, mas apontava para a arca e dizia, sem cessar:

— Não vi nada! Digo e repito que não vi nada!

Entretanto, dentro da arca, o leopardo observava a cena, através de duas tábuas de madeira. Com o coração negro de pesar, observava o estratagema ignóbil do camponês que, interrogado asperamente pelos caçadores, intrigados pelas suas gesticulações, se esfalfava a protestar que nada sabia, ao mesmo tempo que apontava como um doido para a arca e lhes queria dar a entender, através de mil caretas, que o leopardo estava lá dentro. Tanto fez que os caçadores acabaram por o considerar louco e foram-se embora, decepcionados.

Quando, por fim, o camponês abriu a arca, disse ao leopardo, numa voz doce:

— Prestei-te um excelente serviço. Sem a minha ajuda, estavas feito! Espero que mantenhas a tua promessa de deixar os meus bois em paz, tal como eu mantive a minha de não te denunciar.

O leopardo retorquiu:

— Manterei a minha promessa, tal como mantiveste a tua. Pude observar que tinhas bonitas palavras, mas dedos malvados.

E, como tinha prometido não comer nenhum boi, o leopardo devorou o homem.

Jean-Jacques Fdida
La naissance de la nuit et autres contes du monde entier
Paris, Didier Jeunesse, 2006
tradução e adaptação

publicado por opoderdapalavra às 21:17
Fevereiro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
15
16
17
18
19
20
21
22
24
25
26
27
28
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Posts mais comentados
5 comentários
4 comentários
4 comentários
3 comentários
2 comentários
2 comentários
2 comentários
2 comentários
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Encontrei o texto hoje...Uma pequena correcção, as...
Obrigado Isabel. Concordo consigo, os Amigos apena...
Carlos, bonita homenagem a um amigo. Que o Luís re...
O que mais me chama a atenção, neste...
A tua escrita acompanha o teu espírito. Amadurece ...
Grata, sorrisos :o)
Quente.Arrebatador.
Leitura muito agradável :)Convido a leitura do meu...
Excelente!!Sinto-me representado.Sim, sou eu: o po...
O discurso é apelativo aos mais nobres sentimentos...
blogs SAPO